Cuidados importantes com a reposição da água do radiador – tudo o que você precisa saber


A água do radiador é algo que pode ser feito de forma simples, mas que demanda alguns cuidados. O fato de ser um componente fundamental para a saúde de toda a mecânica do automóvel torna a água do radiador  algo a ser conferido com periodicidade responsável. Afinal, seu funcionamento inadequado pode fazer com que o motor superaqueça e até chegue a fundir, além de comprometer de forma definitiva a utilidade de algumas peças, que devem ser jogadas fora caso a temperatura suba a níveis acima do que é recomendado pelo fabricante. A água do radiador contribui “roubando” o calor do motor e sendo, em seguida, resfriada pelo ar.

A água do radiador pode facilmente ser trocada por um indivíduo que conheça muito pouco sobre mecânica. Invariavelmente, é localizada de forma visível e de fácil acesso e manuseio. É importante lembrar que todo procedimento no capô do veículo feito pelo próprio dono, ainda que seja uma mera inspeção visual, deve aguardar que o motor e os demais componentes estejam resfriados, pois o risco de queimaduras graves é muito grande.

O passo a passo e possíveis problemas

Para verificar se a água do radiador está abaixo do recomendado, basta conferir, com o carro frio, a indicação no próprio recipiente. Caso esteja abaixo, basta retirar a tampa e completá-lo até o nível indicado com água desmineralizada, que pode ser encontrada em postos de combustível e oficinas mecânicas. Se após a reposição, o nível continuar baixando rapidamente em poucos dias, é muito provável que haja algum tipo de vazamento no sistema. Nesse caso, não tente reparar o problema em casa e leve o veículo a um mecânico especializado.

Não complete o radiador com água da torneira

É importante também observar a cor da água que sai pela mangueira. Se sair com alguma coloração, é preciso limpar o radiador até que a água saia transparente. Além disso, não é recomendável colocar água da torneira, mesmo que filtrada, no radiador. A água sem os aditivos recomendados congela e evapora mais facilmente, além de corroer diversas peças do sistema de arrefecimento. Por isso, é importante o uso da água desmineralizada ou acrescida dos aditivos indicados na proporção de 60% de água filtrada ou destilada e 40% de aditivos.

Colocar água da torneira no radiador é uma prática bastante comum entre a maioria dos proprietários de veículos devido à facilidade e praticidade deste tipo de processo. Porém, para quem se preocupa com a vida útil do seu veículo e não quer ter problemas, o ideal é seguir a recomendação dos fabricantes e especialistas e usar o fluido correto. A água da torneira pode ser útil em uma emergência, vez ou outra, mas essa não deve ser uma prática recorrente. Se você faz uso diário do seu veículo, verifique semanalmente a água do seu radiador e se perceber algum problema com o sistema de arrefecimento, leve o veículo à sua oficina de confiança.



  • ONDE ESTAMOS
    LOCALIZAÇÃO
    Av. Max Schramm 3325, Estreito, Florianópolis/SC
    Pontos de referência:
    • Próximo à escola da Marinha.
    • Em frente ao supermercado Angeloni do Estreito.
    Atendimento ao público
    Segunda à sexta-feira: das 07h45 às 18h00
    Sábados: das 07h45 às 13h00.
    Não fechamos para o almoço.
    (48) 3240 4900